Nesses últimos dois anos uma revolução aconteceu na vida privada da maioria das pessoas. Os escritórios que ficam distantes das nossas casas e possuíam uma estrutura própria de trabalho, foram transferidos para dentro das nossas moradas. Com isso, milhões de pessoas ao redor do mundo precisam se adaptar às novas realidades.

Muita gente conseguiu mudar de imóvel e ir para casas maiores, com espaço suficiente para montar um escritório particular em um quarto reservado. Entretanto, quem não teve essa sorte precisou de adaptar como que tinha ao alcance, comprando vários itens que faziam sequer  parte das nossas listas de prioridade, como a mesa para notebook.

Hoje em dia é comum chegar na casa de qualquer pessoa, principalmente nas casas mais pequenas, e encontrar um computador e uma mesa em algum canto da sala ou do cartão. O home office é uma realidade que chegou para ficar. Então, se você ainda não se adaptou a essa nova realidade, é melhor começar a se preparar. Confira algumas dicas que podem te ajudar.

Crie uma rotina

Sempre é bom lembrar que, apesar de estarmos em caso, estamos trabalhando e ficar na cama de pijamas não é uma boa escolha para quem tem contas a vencer. Por isso, é importante criar uma rotina de trabalho, com horário estabelecido para acordar, tomar banho, se arrumar e sentar em frente ao computador.

Além de criar uma rotina de alimentação e exercícios adequada, evitando prejudicar o seu trabalho, mas também prezando pela sua saúde.

Vista-se como profissional

Uma das grandes atrações de se trabalhar em casa é poder usar o que quisermos, ou simplesmente ficarmos com as roupas de baixo. Porém, isso não é recomendável, porque nossos cérebros estão acostumados a assimilar a roupa que usamos ao momento e estado de ânimo corporal.

Por exemplo, quando estamos de pijama a nossa mente acredita que não temos nenhum objetivo ou atividade a ser cumprida, por isso, entra em modo de descanso. Dessa forma, usar a roupa adequada para o trabalho é uma maneira de condicionar seu cérebro para ficar ligado e em estado de produtividade.

Separar um horário para relaxar

O ócio é uma atividade muito renegada pelas pessoas que acreditam que produtividade é tudo. Diversos estudos constatam que o momento em que nosso cérebro mais trabalha e cria  alternativas para os problemas apresentados no nosso dia a dia, é quando ele está sem fazer nada. É o chamado sócio criativo, muito cultuado em escritórios e empresas de grande porte, que separam um espaço para o funcionário relaxar entre um trabalho e outro.

Ocorre que quando as pessoas estão em casa elas tendem a se cobrar mais por metas ou acabam desperdiçando um tempo que poderia ser investido no ócio com alguma outra atividade doméstica. Isso pode acabar sobrecarregando a saúde mental do funcionário e levando a um processo de estresse profundo e irrecuperável. Por isso, separe um tempo do seu dia para não fazer nada, apenas olhar para o teto e botar a mente para assimilar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui